NA FLORESTA

“Adormeci de olhos abertos para ter a certeza de que não perdia nada.” Esta é uma viagem pelas noites de uma menina que volta sempre ao mesmo lugar. Vagueia na floresta sem medo da luz da noite. Ao lado dos seus amigos, tropeça em segredos e estórias que ainda não foram contadas. Noite após noite, onde o tempo não tem …

O CHEIRO DOS VELHOS

Um funcionário público molha os pés numa praia calma, tranquila e deserta, quando é surpreendido por uma velha mendiga cadavérica, desdentada e cheirando a álcool, que se apoderou de seus sapatos. À respeitosa cordialidade com que procura recuperar o bem, a velha retribui com indecifrável postura, que progride da obstinação rabugenta à sádica malvadez. À perplexidade do homem, ante o …

Lições de Voo

Lições de voo é o nome de uma série de ilustrações de João Vaz de Carvalho, as quais foram usadas para a criação do espetáculo com o mesmo nome. Esta ideia dá sequência a uma experiência de colaboração realizada em 2013 em Pelos Cabelos, a qual se revelou muito estimulante. Espetáculo para dois atores, com marionetas e semi marionetas, cujo …

COMO UM CARROSSEL

O que é a vida?…é andar sempre à volta do sol, como um carrossel à volta do sol. Como um Carrossel, conta a história de uma menina que vai crescendo numa espécie de viagem ao longo da qual muitas perguntas são lançadas e estimulam a sua relação com o mundo. O público viaja através do olhar aberto dessa menina e …

Pelos Cabelos

A partir das ilustrações Pelos Cabelos, de João Vaz de Carvalho, o Teatro de Marionetas do Porto cria um espetáculo habitado por personagens insólitas, de olhares ausentes e alucinados, onde o humor e o absurdo se fundem…A partir das ilustrações Pelos Cabelos, de João Vaz de Carvalho, o Teatro de Marionetas do Porto cria um espetáculo habitado por personagens insólitas, de olhares ausentes e alucinados, onde o humor e o absurdo se fundem…

Frágil

Uma coisa às vezes não é aquilo que ela é. Às vezes as coisas gostam de ser outras coisas, por exemplo de serem como as pessoas. Gostam de se mexer, de rir, de gostar e de não gostar. As pessoas/coisas e as coisas/pessoas servem para contar histórias. No mundo Frágil, há histórias pequenas e grandes. As coisas querem ser levadas …

CINDERELA

Esta não é uma Cinderela tradicional. Há uma reescrita, um tanto ou quanto anacrónica, da história tradicional, a partir das versões de Perrault e Grimm. Personagens saídos de outros contos de fadas caem do céu para dificultar a vida a Cinderela. Há uma Bruxa-Má que detesta histórias com final feliz e um Lobo-Mau disfarçado de GNR a patrulhar as estradas …

WONDERLAND

Wonderland é o sonho de Alice sonhado por nós. Vamos com ela, atravessamos a floresta luminosa cheia de medos e segredos, inventamos caminhos que antes lá não existiam e deixamos Alice perdida. Quando Alice pergunta ao Gato: “Como posso sair daqui?”, o Gato responde: “Isso depende muito do sítio para onde queres ir”. Aí sentimos que o sonho inventado por …